Doçaria Tradicional Portuguesa

Olá pessoal!!!

A doçaria portuguesa tem grande parte da sua origem nos conventos e mosteiros, no século XV, e foi  sobretudo nos conventos de freiras que essa arte se desenvolveu devido às disponibilidades de meios e de tempo. Inicialmente os doces eram essencialmente feitos à base de mel; depois da descoberta do Brasil, generalizou-se o uso do açúcar que permitiu a descoberta de novos paladares e novas receitas. Além disso, a doçaria conventual está caracterizada pelo uso abundante de gemas, uma vez que as claras eram usadas para a confecção de hóstias, para manterem seus hábitos (vestuário das religiosas) sempre engomados, e para a clarificação dos vinhos.

Doçaria-Conventual

Com o passar dos séculos e principalmente quando foi decretada a extinção das Ordens Religiosas em Portugal, a venda dos doces conventuais foi uma das formas encontradas para minimizar a situação financeira das freiras e monges, e aos poucos, as técnicas e segredos da confecção dos doces foi passando das freiras para as mulheres com quem tinham um contato próximo.

Os nomes atribuídos aos doces conventuais estão, em grande parte, relacionados com a vida conventual ou a fé católica, como por exemplo: Barriga de Freira, Fatias dos Anjos, Pão de Ló, Queijinhos do Céu, Fatias de Bispo, entre muitos outros.

Os doces também tem variações de acordo com a região de origem e muitos contem frutos secos, principalmente amêndoas. Entre os doces mais populares, há os ovos-moles de Aveiro, os pastéis de nata de Lisboa (incluindo os famosos pastéis de Belém, que já falamos aqui), as queijadinhas de Sintra, os pastéis de Tentúgal, o pudim abade de Priscos, as tigeladas de Abrantes, entre outras especialidades mais ou menos conhecidas. Quase todas as regiões e cidades têm o seu doce típico.

IMG_3961

1. Pudim Abade de Priscos; 2. Ovos Moles de Aveiro; 3. Pastéis de Nata; 4. Queijadinhas de Amêndoa; 5. Tijeladas; 6. Travesseiros.

Ficaram com água na boca???

bjinhos

Texto produzido por Lívia Souza

 

Leia também:

Portugal: a terra do Bacalhau

Pastel de Belém ou Pastel de Nata?

Coisas e situações que me fazem morar em Portugal #4

Um comentário sobre “Doçaria Tradicional Portuguesa

  1. Pingback: Pratos típicos no Natal dos Portugueses!!! | Nick na Europa

  2. Pingback: Comidas Criativas com Pão | Nick na Europa

  3. Pingback: Comidas Criativas com Oreo | Nick na Europa

  4. Pingback: O que não à mesa dos Portugueses??? | Nick na Europa

  5. Pingback: O que não falta à mesa dos Portugueses?!?! | Nick na Europa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *