Último Diário de Bordo: Viagem ao Brasil #6

Olá pessoal!!!

Vamos ao nosso último diário de bordo desta viagem. Ahhhhhhh… buááááá… hehehehehe… Não fiquem triste logo logo teremos mais novidade e mais viagens.

No último diário que foi publicado, no dia 30 de dezembro, terminamos com um belo passeio de lancha pela lagoa. O Diário de hoje começa no dia 31, último dia do ano.

Aproveitamos o dia para ficar descansando um pouco mais e eu aproveitei para trabalhar um pouco no blog. Tirei férias mas o blog tem que continuar firme e forte todos os dias… hehehehehe… Almoçamos todos juntos em família na casa dos meus pais. E ficamos por lá um pouco da tarde, depois eu e meu marido fomos para nosso hotel nos arrumar para mais tarde.

Voltamos por volta das 19h e aproveitamos para fazer o último jantar de 2015. Meus pais encomendaram uma das minhas comidas preferidas, no meu restaurante preferido, Massarella, que já falei aqui. Comemos e fomos todos para a igreja dos meus pais. Sempre passamos a virada do ano na igreja. É sempre bom terminar e começar o ano da maneira correta, entregando tudo a Deus.

Voltamos para casa e comemos as sobremesas que deixamos para depois, conversamos, distraímos um pouco mais e eu e meu marido voltamos para o nosso hotel e aproveitamos para descansarrrrrrrr…

No dia 1 de janeiro de 2016, não dormimos até muito tarde porque o nosso horário não se acostumou tanto com o fuso horário do Brasil e ainda queríamos aproveitar o café da manhã do hotel. O interessante é que tinha poucas pessoas comendo neste dia no hotel e os poucos que tinham estavam vindo das festas direto para tomar o café da manhã antes de ir dormir. E nós já estávamos descansados e prontos para começar o ano e o dia. Vamos acordar e aproveitar o diaaaaaaaaaa povooooo… hehehehehe

Nós fomos para a casa dos meus pais e ficamos por lá mesmo… Só por volta das 15h resolvemos ir para a Praia do Francês, uma das minhas preferidas. Se vocês não conhecem eu indico.

IMG_5321

É um lugar ótimo para passar o dia em família. Tem muitos restaurantes que podem servir à beira da praia. Não é preciso pagar pelas cadeiras, é só consumir algo do restaurante que você pode ficar por lá o dia todo. Eu hoje valorizo isto muito mais porque aqui temos que levar tudo quando vamos à praia (cadeiras, guarda-sol, comida…) dá até preguiça de ir… hehehehe

Continuar lendo